Adoçantes que engordam

Uma das muitas estratégias que as pessoas usam para evitar o acumular de quilos é trocar o açúcar por adoçantes com poucas calorias. Mas nem sempre resulta e foi descoberta a razão.

Há décadas que ficou claro que, por estranho que pareça, as chamadas bebidas dietéticas levam a um aumento do risco de ganho de peso e de diabetes. Apesar de haver uma relação, ninguém conseguia descobrir a razão.

Foi recentemente divulgado um novo estudo que refere que os adoçantes de baixas calorias mudam os tipos de bactérias que se encontram no intestino, prejudicando a regulação da glicose no organismo. 

Segundo o The Economist, foi realizado um pequeno estudo, durante duas semanas, a 29 indivíduos não-diabéticos, que ingeriram adoçantes em bebidas dietéticas, numa quantidade equivalente a cinco latas, por dia. Essa acção causou uma queda na libertação de GLP-1, uma hormona que ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue.

No entanto, ainda é cedo para dizer que os adoçantes causam diabetes. É necessária mais investigação para confirmar se a actividade bacteriana alterada é, de facto, responsável pelas alterações hormonais.

Mais Notícias
Comentários