BPI obtém lucros de 491 milhões de euros

No ano passado, o banco cresceu em praticamente todos os indicadores de actividade.

 

Os lucros do banco BPI ascenderam a 491 milhões de euros durante o ano de 2018, o que representa um valor 48 vezes superior ao de 2017 (10,2 milhões). A actividade bancária da instituição cresceu 28,5% em Portugal, dando lucros de 218 milhões de euros, mas os resultados finais são explicados por ganhos extraordinários e a reclassificação contabilística da participação financeira do BPI no Banco de Fomento de Angola.

O banco liderado por Pablo Forero melhorou em todos os indicadores, com os depósitos a crescerem 9,3% e a carteira de crédito às empresas a aumentar 16,1% face ao final de 2017. O BPI teve ainda importantes subidas no crédito hipotecário e no de consumo.

A carteira total de crédito a clientes aumentou 5,7% em 2018, atingindo um montante de 23,4 mil milhões de euros. Enquanto melhorava os seus indicadores de actividade, o banco procurou reduzir custos. Tem agora 421 balcões.

Em Novembro, o BPI apresentou um plano estratégico para o período entre 2019 e 2021, no qual esperava alcançar um aumento anual de receitas de 7% e de 5% no crédito, mantendo os custos estabilizados.

Mais Notícias
Comentários
Loading...