Morreu o realizador italiano Bernardo Bertolucci

O cineasta italiano Bernardo Bertolucci morreu esta segunda-feira, aos 77 anos, em Roma, vítima de cancro, noticia o jornal La Repubblica.

Uma das figuras mais importantes do cinema italiano do século XX, realizou filmes como “O Último Tango em Paris”, “O Último Imperador”, “O Conformista”, “1900” ou “A Tragédia de um Homem Ridículo”.

A sua última longa-metragem, “Eu e Tu”, chegou às salas de cinema em 2012, meio século depois de “La Commare Secca”, o seu primeiro filme, de 1962, baseado num livro do poeta e realizador Pier Paolo Pasolini. Aliás, foi como assistente de Pasolini que Bernardo Bertolucci começou a carreira.

Apesar de ter começado a filmar nos anos 1960, só na década seguinte é que Bertolucci se tornou um realizador internacional de culto, com uma notoriedade que ultrapassou as fronteiras italianas.

“O Último Tango em Paris”, de 1972, foi o seu primeiro grande sucesso internacional. O filme seguinte, “1900”, manteve o cineasta na rota de sucesso, mas foi “O Último Imperador” (1987), que deu ao realizador a primeira grande vitória nos Óscares.

Mais Notícias
Comentários