PIB cresceu 1,8%, mas ritmo da economia está a abrandar

O INE publicou a estimativa rápida do crescimento económico no primeiro trimestre de 2019, que mostra uma melhoria face ao trimestre anterior. Portugal cresce há 22 trimestres.

O produto interno bruto (PIB) português aumentou 1,8% em volume no primeiro trimestre de 2019, em termos homólogos, revelou esta quarta-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE). Isto representa uma ligeira aceleração face ao último trimestre do ano passado, quando o PIB anual foi de 1,7%. O INE atribui esta evolução à procura interna, por sua vez ligada ao aumento do investimento. Em sentido contrário actuou o efeito do aumento mais rápido das importações do que das exportações.

A estimativa rápida do INE mostra que, no primeiro trimestre deste ano, a riqueza nacional aumentou 0,5% face ao último trimestre do ano passado, sobretudo por efeito da procura interna.

Se compararmos apenas os primeiros trimestres de cada ano, verifica-se um acentuado abrandamento do crescimento económico. Em 2017, os primeiros três meses registaram um confortável aumento homólogo de 3,1%, valor que baixou para 2,3% em 2018. A queda adicional deste ano, para 1,8%, reflecte a desaceleração económica europeia e a redução do ritmo de expansão das exportações.

Este foi o vigésimo segundo trimestre consecutivo de crescimento do produto, tendo a actual série positiva começado no último trimestre de 2013.

Mais Notícias
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Publicidade online perto de ser 50% dos orçamentos totais
Automonitor
A primeira corrida de automóveis aconteceu há 125 anos