Reino Unido tem um plano astuto para revolucionar os carros eléctricos

Com cerca de 155 mil veículos eléctricos já a circular nas estradas do Reino Unido, um consórcio de grandes empresas do sector está a unir-se para descobrir o que está a atrasar o advento desta nova geração de transporte.

Em 2019, o Reino Unido será o palco do maior teste de veículos eléctricos do mundo, com um objectivo: descobrir todas as miríades possíveis para abandonarmos, de vez, os motores de combustão.

A iniciativa, chamada Optimize Prime e apoiada pelo regulador de energia Ofgem, é invulgar, pois o seu foco é menos em veículos eléctricos e mais nas infra-estruturas que os tornam viáveis.

Se a National Grid — multinacional britânica de electricidade e gás — fica à beira da ruptura quando milhões de chaleiras são ligadas durante um jogo de futebol em Inglaterra, o que acontecerá à hora do jantar quando milhões de carros eléctricos começarem a regressar a casa para serem recarregados? É este tipo de pergunta que um consórcio de empresas — da Centrica à UK Power Networks e da Uber à Hitachi — está a tentar responder.

Estima-se que cerca de 300 mil veículos eléctricos estarão a circular nas estradas britânicas no segundo semestre de 2019. Os dados recolhidos do total da frota serão analisados para avaliar o seu impacto nas redes urbanas, rurais e suburbanas do sul e leste de Inglaterra.

Mais Notícias
Comentários