Vítimas do sismo a aumentar: 2010 mortos na Indonésia

As autoridades indonésias fizeram hoje um novo balanço do número de vítimas do sismo do passado dia 28 de Setembro, que atingiu as ilhas Celebes.

As buscas não têm parado, uma vez que se teme que ainda existam pessoas soterradas sob os escombros e a lama em três dos bairros mais atingidos na cidade de Palu.

No entanto, segundo o porta-voz da agência indonésia de resposta a catástrofes, nas localidades de Petobo, Balaroa e Jono Oge, onde o sismo causou a liquidificação dos solos, engolindo casas e soterrando os seus ocupantes, os esforços de recuperação não vão prosseguir devido às dificuldades no terreno e do avançado estado de decomposição dos cadáveres que os tornou irreconhecíveis e fez aumentar o risco de contaminação.

O responsável disse ainda que serão realizadas cerimónias religiosas nestas localidades para assinalar o fim das buscas.

De acordo com as Nações Unidas, há cerca de 200.000 pessoas a precisar de assistência humanitária urgente, numa altura em que ainda há relatos de falta de comida e água potável.

Mais Notícias
Comentários